Buscar
  • Rodrigo Salvalagio

5 dicas para escolher o nome do seu bichinho de estimação

Alegria total, você agora possui um bichinho de estimação! Mas como escolher o nome do seu mais novo amigo? #NovoNomePet #NovoNome


Dar o nome para o bichinho da família não é tarefa fácil. Se estiver em família, sempre cairá na piada: Terá sugestões como o nome da sogra, da cunhada, de algum sobrinho mais distante... Por aí vai!


Este momento é muito gostoso, mesmo os pais ou avôs mais carrancudos acabam participando da escolha do nome do mascote e que ficará eternizado como mais um membro da casa. Mas para facilitar esta decisão, colocamos aqui 5 dicas para você não errar neste momento importante.


1. Não queira resolver tudo no primeiro dia:

Esta é uma decisão difícil e deve ser encarada como algo que acompanhará o bichinho até o fim da vida, portanto não se cobre para resolver tudo no primeiro dia! Lembre-se que seu mais novo amigo depende exclusivamente de você e uma decisão errada aqui pode gerar situações peculiares em praças, veterinários, shoppings, etc.


Permita-se pensar bem, brincar bastante com seu mais novo amigo e principalmente entender a maneira que o pet interage contigo: Ele é carinhoso e gosta de carinho, ou é independente e cheio de si? Ele pula bastante ou é sereno e quieto? Avalie bem o bichinho



2. Utilizar nomes de pessoas, jogada arriscada:

Colocar o nome de um conhecido, como um amigo da família, nome da mãe, nome do chefe, nome de alguém famoso, nem sempre traz as alegrias desejadas. Pode até parecer engraçado no primeiro momento, mas raramente a pessoa que foi homenageada, (com seu nome atribuído à um cãozinho, por exemplo), receberá a notícia como sendo de bom grado. Algumas situações constrangedoras podem se desdobrar quando o homenageado descobrir que seu nome foi usado para ˜batizar um pet.


3. Escolher consoantes fortes

Não que seja uma regra, apenas uma dica: Ao utilizar nomes curtos e com consoantes ditas fortes, como por exemplo: K, M, S, T e Z. Pode facilitar para os cachorros identificarem quando são chamados em um lugar com muitas pessoas ou com muitas fontes de som.


4. Nomes curtos ajudam bastante

Esta dica é semelhante a dica 3, porém em relação ao tamanho do nome. Os cães possuem muito mais facilidade para escutar sons curtos e interpretá-los, haja visto os comandos para cachorros treinados... (Senta, pata, pega, etc...). Seguindo esta linha, os nomes curtos serão facilmente interpretados pelo seu bichinho e ele prestará muito mais atenção em você. Não se esqueça que nomes parecidos com comandos pode confundir o bichinho.


5. É por toda vida

Como o nome será usado por toda vida do mascote, este deve ser representativo e atemporal. Isto quer dizer que escolher um nome bonitinho enquanto o filhote sequer abriu o olhinho ainda, pode ficar estranho quando se transformar em um cão de guarda forte e com destes grandes. Um amigo meu tinha um Basset Hound chamado Spike, ele era bem lento, muito carismático e dócil, porém lento. Não combinava muito com o nome. O importante é que era o xodozinho da casa!



Bom, espero que com estas dicas seja possível ajudar na escolha de um nome bem expressivo e que represente bem o seu melhor amigo!


Uma ótima semana!


15 visualizações

​​​PetNany ​© 2020 | Orgulhosamente criado pela equipe PetNany

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

(11) 95001-5054 | (15) 99643-0050

Ibiúna • São Paulo/SP